Policiais federais cumprem na manhã desta quinta-feira (15/10) sete mandados de busca e apreensão dentro da Operação Cornucópia II. A investigação mira desvios de dinheiro público ocorridos na prefeitura de Corumbá entre os anos de 2008 e 2013. 

Segundo o órgão de segurança, a estimativa é de que o montante obtido ilegalmente pelo grupo ultrapasse R$ 60 milhões. 

O esquema criminoso, conforme a PF, consistia no aumento ilegal da folha de pagamento de servidores cooptados pela quadrilha, resultando no aumento na margem para contratação de empréstimos consignados. 

As pedidas eram aprovadas e, posteriormente, os valores sacados na rede bancária e repassados à cúpula da organização criminosa, gerando prejuízo cofres públicos. 

O valor exato do montante desviado é R$ 60.608.424,58.

Os alvos da operação responderão pelos crimes de peculato e associação criminosa.

Cornucópia

Cornucópia é o símbolo da abundância na mitologia grega e deu nome à operação em alusão à riqueza supostamente obtida pelos envolvidos, além da abundância de recursos públicos disponibilizados de forma ilícita.

São seis mandados de busca e apreensão em Corumbá e um em Campo Grande.

(Notícia extraída do site Dourados News com informações da PF).

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here