Cuca pede responsabilidade dividida no Atlético-MG e avisa: “Eu sei como fazer. Vai melhorar”

0

Treinador reestreia com derrota para o Inter e destaca chance de reação em jogo decisivo contra Palmeiras pela Libertadores

Foi um recomeço doloroso. Cuca voltou ao Atlético-MG – na vaga do demitido Antonio Mohamed – e viu o time sofrer uma derrota por 3 a 0 para o Internacional, no Beira-Rio. Resultado que afasta ainda mais o Galo da liderança do Brasileiro. Cuca prega calma. Diz saber o caminho para a reação.

Vencedor em 2021 com a base do atual elenco do Galo, o técnico dá uma recado direto e otimista para o torcedor.

“É recomeçar um trabalho que a gente sabia que ia ter. Então está no preço. Eu sei como fazer, de que forma fazer. As coisas vão melhorar.”

No entanto, cobra que todos no clube assumam responsabilidade. Segundo ele, o peso não pode ficar apenas no antigo comandante. Diz ainda que a solução não será apenas dele. É um conjunto.

– Cabe a nós termos essa responsabilidade, todos tem que assumir. Não é só o treinador que saiu ou o que chegou. São todos. É degustar (a derrota) por mais difícil que seja, digerir um pedacinho cada um e disso tirar proveito.

Pela frente, o Atlético tem o Palmeiras, líder do Brasileiro. Mas o compromisso é pela Libertadores. O jogo de ida é nesta quarta, no Mineirão. Um jogo pesado, um adversário qualificado. Cuca vê como a grande chance de dar uma resposta.

– Você tem a oportunidade daqui dois dias de apagar uma derrota, um resultado ruim. Essa é a grande vantagem, num grande jogo.

“O que se tem que fazer? Eu já conversei ali (no vestiário). É assimilar, saber administrar uma derrota dura e tirar lições. Isso é trabalho meu até o próximo jogo que é importantíssimo, contra o Palmeiras”.

Fonte: Redação do ge — Belo Horizonte
Foto: Pedro H. Tesch/AGIF 

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here