SIG estoura ponto de venda de drogas em bar na avenida Ipuitã e prende traficante, em Naviraí

0

Hoje, terça-feira (26-07), por volta das 08h30, a equipe do SIG (Setor de Investigações Gerais) de Naviraí,  recebeu informações anônimas de que a pessoa de E.L.da S. (46 anos)  estava praticando o tráfico de drogas em seu estabelecimento comercial, localizado na avenida Ipuitã, no Conjunto Vila Alta.

 

As informações deram conta de que o homem estaria guardando no forro do banheiro do estabelecimento, certa quantia de droga e uma arma de fogo. O SIG  já havia recebido diversas denúncias de usuários de drogas, que temendo por suas vidas preferem não ser identificados, de que E. havia se associado com uma pessoa  para prática de tráfico de drogas na região do Conjunto Habitacional Nelson Trad.

De posse dessas informações, por volta das 09h00, o SIG compareceu ao local, onde foi atendida pelo suspeito, e em vistoria no referido banheiro, constatou-se que o mesmo se encontra do lado de fora do estabelecimento, com sua porta voltada para Rua Camilo Pereira Diniz, onde foi observado pela Equipe que o referido banheiro é de acesso livre ao público.

 

A porta estava encostada, sem trinco e destrancada, e ao vistoriar o banheiro foi observado que pelas frestas das tábuas do forro havia uma sacola de plástico, sendo necessário arrancar uma dessas tábuas para ter acesso a sacola, a qual continha em seu interior, um tablete de substância análoga a maconha prensada pesando 850 gramas, uma pequena sacola com uma substância análoga a maconha tipo bucha pesando 27,2 gramas além de outra embalagem contendo 28 pedras de uma substância análoga a droga popularmente conhecida como CRACK, que depois de pesada totalizou 6,2 gramas, não sendo encontrada nenhuma arma de fogo no local.

 

Diante da situação de flagrância, segundo apurou o MsVerdade, o homem foi questionado sobre a origem de droga e passou a relatar que desconhecia a sua procedência, bem como disse que o banheiro onde a droga foi encontrada era de livre acesso ao público e que não tinha acesso ao forro do mesmo pelo interior de seu estabelecimento e, que qualquer um poderia ter colocado o entorpecente naquele local a fim de prejudica-lo. Porém, a Equipe ao vistoriar a parte superior do banheiro, já no interior do bar ,constatou que diferente do que o suspeito havia argumentado, a parte superior do forro do banheiro é de fácil acesso pelo interior do bar, bem como que pelas condições que o entorpecente foi encontrado, ele só poderia ter sido colocado em cima do forro pelo lado de dentro do bar, visto que as tábuas do forro do banheiro estavam devidamente pregadas, não havendo possibilidade de introduzir a sacola pelo lado de fora do banheiro.

 

O homem, sem o uso de algemas, foi juntamente com o entorpecente apreendido, conduzido para a Unidade Policial para que fossem tomadas as medidas cabíveis, sendo o mesmo autuado por tráfico.

(Com informações do site MSVerdade)

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here