FEMINICÍDIO: morre o homem que torturou e matou a facadas a ex-esposa em MS

0

Quatro dias após tentar suicídio, Edmilson Veríssimo dos Reis, 33, morreu no hospital Santa Casa, em Corumbá, região Noroeste de Mato Grosso do Sul.

A direção da unidade hospitalar confirmou o óbito às 6h50 da manhã desta segunda-feira (27), segundo o portal Diário Corumbaense.

Acusado de planejar, torturar e matar a ex-esposa na quarta-feira passada (22), Edmilson apresentava sinais de “morte encefálica”, permanecendo internado em ala de tratamento intensivo.

Ele estava em coma e respirando com suporte de aparelho de ventilação mecânica.

Conhecido como “Aquidauana” ou “Xitu”, Edmilson é apontado como autor das facadas que ceifaram a vida de Grazielly Karine Soares Alves de Lima, 28. Eles estavam separados há três meses.

Ela foi encontrada sentada em um sofá e tinha partes do corpo retalhado. As lesões foram constatadas nos braços, tronco, cabeça e perna, além de cortes no cabelo de Grazielly.

A Polícia Civil acredita ainda que a vítima foi torturada por “pelo menos 25 minutos até a morte”, conforme revelou a delegada da DAM (Delegacia de Atendimento a Mulher), Tatiana Zyngier e Silva, na semana passada.

Depois de cometer o feminicídio, “Xitu” se escondeu em outra residência na cidade de Corumbá onde teria atirado contra a própria cabeça.

Uma ambulância do Samu (Serviço de Atendimento Médico de Urgência) foi chamada para remoção ao pronto-socorro e posteriormente encaminhado para CTI (Centro de Tratamento Intensivo) onde permaneceu em estado grave até as primeiras horas desta manhã (27-06).

(Com informações do site DouradosNews)

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here