Simone não é mais candidata ao governo. Senadora preferiu não gastar e não se desgastar politicamente

0
Ao centro, Simone Tebet, senadora de MS durante a convenção de seu partido. Ela desiste de ser candidata só para preencher vaga do MDB. (Foto Alysson MaruyamaTV Morena)

A senadora Simone Tebet “abandonou o barco”. Ela desistiu da candidatura ao governo do Estado e agora o MDB poderá indicar o procurador licenciado Sérgio Harfouche (PSC), candidato a vice, como o principal nome da chapa. A desistência foi anunciada neste domingo (12) através de carta encaminhada aos dirigentes do MDB.

A notícia “bomba” foi divulgada pelos principais órgãos de comunicação da Capital. Aliás, desde a convenção estadual o partido já vinha desfalcado pelo principal nome do MDB no Estado, o ex-governador André Puccinelli, que continua preso. Porém, o partido tem até quarta-feira para apresentar o pedido de registro de novo candidato ao TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul).

Em situações diferentes estão o PSDB do governador e candidato à reeleição, Reinaldo Azambuja, o PDT do juiz aposentado Odilon de Oliveira, e o PT do ex-prefeito de Mundo Novo, Humberto Amaducci que já enviaram os pedidos de registros das respectivas candidaturas ao governo do Estado.

Ao justificar sua desistência através de documento, Simone afirma que aceitou em um primeiro momento encarar a disputa por ser levada pela emoção, após pedido do ex-governador André Puccinelli, preso desde o dia 20 de julho. Agora, diz que reconsiderou, levando em conta o apelo familiar. “Conhecendo meus problemas de ordem pessoal, recebi apelos contundentes da minha família para não ser candidata”, justificou. Durante a semana da convenção, o próprio marido da senadora, deputado Eduardo Rocha, já manifestava indisposição com a pré-candidatura de Simone.

O nome do procurador Sérgio Harfouche está sendo apontado para substituir o nome de Simone, pois, foi apontado como o vice dela. “Se a opção for a escolha de um quadro partidário para ocupar a cabeça de chapa, quero lembrar o nome do companheiro Sérgio Harfouche, cuja competência e cujo compromisso com esse projeto não podem ser postos em causa”.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here