Marcelo Salomão, pré-candidato a deputado estadual viraliza no tik tok com tira dúvidas de consumidores

0

Com mais de 26 mil seguidores na rede social Tik Tok, Marcelo Salomão compartilha vídeos curtos sobre direitos dos consumidores

Da Assessoria de Comunicação

As redes sociais têm sido uma grande aliada para as dúvidas da população. Quem nunca pesquisou sobre algum assunto, receita, endereço ou até conferiu se estava em “seu direito” sobre determinada situação? É pensando nessa estratégia que o pré-candidato a Deputado Estadual pelo PSDB/MS Marcelo Salomão compartilha vídeos curtos e criativos como um manual de tirar dúvidas dos consumidores.

Usando o aplicativo mais popular entre os mais jovens, Salomão não só atinge excelentes resultados como também “viraliza”, o termo usado para um vídeo com muitos acessos. O vídeo de maior visualização no Tik Tok tem nada menos que um milhão de acessos. Nele, o ex-superintendente do Procon responde a dúvida da obrigatoriedade do pagamento de 10% sobre a conta do restaurante.

Além destes, outros vídeos também seguem esta temática: devolução de produto, taxa de cartão de crédito, cobrança mínima. “A ideia é poder usar toda nossa expertise como advogado, professor e também pelo trabalho desenvolvido no Procon/MS para ajudar os consumidores a conhecerem e exercerem seus direitos na hora de comprar ou consumir um produto” reforça o pré-candidato a Deputado Estadual.

Pense com a Gente: Artigo 39 Inciso IV

“É abusiva a conduta do fornecedor que se vale de vulnerabilidades específicas do consumidor para impor a contratação de produtos ou serviços (art. 39, IV, do Código de Defesa do Consumidor).”  Esse trecho trata justamente de práticas abusivas para com o consumidor. Por isso, como explicado no canal de Marcelo Salomão, a cobrança de taxa de desperdício é ilegal. Isso significa que, ao praticar essa cobrança, o seu negócio está desobedecendo a lei.

Afinal o consumidor já está pagando pelo prato, é direito dele consumir o quanto quiser do que foi servido nessa refeição. Obrigar o consumidor a pagar pelas sobras que deixou é uma cobrança dupla sobre um único produto, por isso que a lei entende como vantagem manifestamente excessiva. Segundo o Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (PROCON), qualquer estabelecimento pode ser multado caso insista nesse tipo de cobrança.

Link do tik tok: https://vm.tiktok.com/ZMNXYjRkc/

 

Tem outras dúvidas? Acesse as redes de Marcelo Salomão e fique por dentro:

Instagram: @marcelosalomaoms

Tik Tok: @marcelosalomaoms

Facebook: Marcelo Salomao

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here