Bolsonaro destaca trabalho “fantástico” de Tereza Cristina durante a convenção do PL no Rio

0

A deputada federal Tereza Cristina (PP/MS) participou da convenção do PL junto do pré-candidato ao governo de Mato Grosso do Sul, Eduardo Riedel

O presidente Jair Bolsonaro teve a sua candidatura à reeleição confirmada com uma grande festa que reuniu mais de 20 mil pessoas no ginásio Maracanãzinho, no Rio de Janeiro/RJ. O general Walter Braga Neto é o vice. No evento, a primeira-dama Michelle Bolsonaro, foi a primeira a falar, logo após uma rápida apresentação de Bolsonaro. “Dizem que ele não gosta de mulheres, mas foi o presidente que mais sancionou leis para a proteção das mulheres, 70 só nos últimos três anos e meio. Além das leis protetivas, ele também cuida das mulheres quando garante água para as donas de casa do Nordeste e todos os benefícios sociais criados em sua gestão. A diferença é que ele faz e não se promove à custa disso, ele quer trabalhar para não deixar ninguém para trás. Agora, é um novo ciclo, mas eu creio na libertação e no resgate do Brasil como nação”, afirmou Michelle Bolsonaro.

Em seu pronunciamento, o presidente fez um breve histórico da sua trajetória política, das ações desde que assumiu o governo e destacou a parceria entre executivo e legislativo na aprovação de projetos importantes, como a criação, manutenção e reajuste de vários benefícios sociais e a redução nos preços dos combustíveis e da energia elétrica.

Jair Bolsonaro fez questão de chamar para o centro do palco a ex-ministra e deputada Federal Tereza Cristina (PP/MS). Bolsonaro ressaltou a sua atuação frente ao Ministério da Agricultura. “As minhas viagens internacionais eram precedidas pela ida de Tereza Cristina, que viabilizava tudo, como é o caso dos fertilizantes da Rússia, e eu apenas assinava os documentos. Tereza Cristina foi uma gigante em nosso ministério, essa é a pequena grande mulher que faz a diferença”, enfatizou Bolsonaro.

O presidente disse ainda que a segurança alimentar do Brasil, principalmente no período da pandemia, foi garantida pela determinação de Tereza Cristina, que viabilizou o abastecimento do mercado interno e externo, atendendo mais de um bilhão de pessoas no mundo. “O nosso agronegócio é fantástico, sem o Brasil o mundo passa fome”, disse Bolsonaro.

Outra ação da ex-ministra destacada por Bolsonaro foi a regularização fundiária, com a entrega de 370 mil títulos às famílias de assentados em todo o país. Segundo o presidente, 90% dos beneficiados são mulheres e a titulação das propriedades tira estas pessoas da ilegalidade, tornando-as cidadãs com direito a financiamentos bancários e diversos programas do governo federal. “Proporcionamos liberdade e dignidade aos assentados, sem o uso da força, mas pela razão e reconhecimento do direito à propriedade”, finalizou o presidente da República.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here