Nordeste bate recorde em geração de energia eólica

0

Julho é conhecido como o mês da safra de ventos na região

Redação Oeste

Em 8 de julho, o Nordeste bateu novo recorde de geração instantânea (pico de produção) de energia eólica. As informações são do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS).

Na data, o Nordeste bateu 14.167 megawatts (MW) de energia elétrica de origem eólica gerados em um minuto. Isso corresponde à 123% do consumo de eletricidade da região por minuto. Ou seja: naquele momento, a produção superou em 23% toda a demanda local.

Dias depois em 12de julho, às 10h28, o Nordeste bateu outro recorde em energia sustentável. O de geração instantânea a partir de energia solar, produzindo 2.963 MW com essa fonte. Esse volume equivale a 27,5% de todo consumo elétrico da região naquele minuto. Os dados ainda estão em fase de validação pela ONS.

Nordeste tem mês de safra eólica

O mês de julho na região é conhecido tradicionalmente como safra dos ventos. Desse modo, a ONS não descarta a possibilidade de que a marca seja superada nas próximas semanas.

Ao longo desse período, o litoral do Nordeste tem um regime de ventos mais fortes, impulsionando a produção. Esse foi o primeiro recorde de geração instantânea de energia eólica registrado em 2022.

Segundo a versão mais recente do Boletim Mensal de Energia, do Ministério de Minas e Energia, a participação da fonte eólica na matriz energética deverá aumentar de 10,6% em 2021 para 11,9% em 2022. A porção solar deverá subir de 2,5% para 3,9% na mesma comparação.

 

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here