Maior traficante brasileiro, ex-policial de MS é preso na Hungria

0

Conhecido como “Escobar brasileiro”, Sérgio Roberto de Carvalho foi preso nesta terça-feira em Budapeste

Sérgio Roberto de Carvalho, ex-major da Polícia Militar do Mato Grosso do Sul que era caçado por autoridades de pelo menos três continentes, foi preso nesta terça-feira (21). Conhecido como “Escobar brasileiro”, ele foi detido em Budapeste, capital da Hungria, onde estava escondido. A informação foi confirmada pela Interpol (Organização Internacional de Polícia Criminal).

Ele estaria com um passaporte mexicano falso. Ainda não há a confirmação se ele ficará preso na Europa ou se será extraditado para o Brasil.

O ex PM chegou a ser colocado na reserva remunerada da corporação em 1997, porém, perdeu o benefício da aposentadoria em 2010.

Major Carvalho é considerado um dos maiores traficantes do mundo e foi preso na Hungria – Crédito: Divulgação

 

Carvalho estava foragido desde 2018, quando foi visto pela última vez. Na Europa, ele usava um passaporte mexicano.
De acordo com o Correio Braziliense, a expectativa é que o policial seja extraditado para o Brasil.

Major Carvalho chegou a forjar a própria morte durante a pandemia. O atestado falsificado o colocava como uma das vítimas da Covid-19.

Ainda conforme publicação do Correio Braziliense, depois de fugir do Brasil ele montou base entre Portugal e Espanha, onde possuía imóveis e um escritório.

Estima-se que, desde 2017, o grupo chefiado pelo major tenha enviado mais de 50 toneladas de cocaína para a Europa, quantia essa avaliada em 360 milhões de euros.

Em 2019 ele foi condenado a mais de 15 anos de prisão pelo tráfico de 237 quilos de cocaína. Depois de um longo processo, ele perdeu o posto e a patente policial.

 

(Com informações do site DouradosNews)

 

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here