Mulher é presa por matar cão atropelado e fugir sem prestar socorro: ‘quem mandou ele estar na rua’

0

Por g1 ms

Uma mulher de 32 anos responde pelo crime de maus-tratos a animais por ter matado atropelado um cachorro e fugido sem prestar socorro, na manhã dessa segunda-feira (11), em Corumbá, a 417 quilômetros de Campo Grande. Ela foi presa em flagrante.

Conforme a polícia, a mulher dirigia uma caminhonete em baixa velocidade e após passar por um quebra-molas, atropelou o cachorro. Uma pessoa que também passava pelo local viu o fato e foi atrás do veículo.

A testemunha questionou a motorista sobre o atropelamento, pois estava devagar e poderia ter desviado, e esta respondeu: ‘quem mandou ele estar na rua”, e disse ainda que não voltaria para prestar socorro. Falou ainda que a polícia poderia ser chamada pois o caso ‘não daria em nada mesmo’.

A polícia foi acionada e com o número da placa da caminhonete, chegou até a mulher. Ela estava em casa, autorizou a entrada dos investigadores e ao ser questionada, demonstrou nervosismo e passou a falar alto com duas policiais.

Ela confessou o atropelamento, falou que viu o cachorro na rua e que não desviou porque não teve tempo hábil, mesmo estando em baixa velocidade, pois ele entrou repentinamente debaixo do veículo.

As investigadoras continuaram a questionar a mulher sobre não ter desviado do cachorro e esta passou a se exaltar, dizendo que as policiais estavam acreditando em “conversa fiada dos outros” e pegou o celular para fazer ligações.

Houve um início de confronto e a mulher entregou o telefone ao ser informada de que seria presa por desacato.

Diante de toda a situação, a mulher foi levada para a delegacia de polícia e presa por maus-tratos a animais e desacato.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here