Aprovados no Prouni correm o risco de perder vaga por erro em site de faculdade – CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

0

Prazo estipulado pelo MEC para comprovação de informações dos alunos venceu ontem (14) – CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

Grupo de estudantes aprovados na primeira chamada do Prouni (Programa Universidade para Todos), na faculdade Uniderp, em Campo Grande, corre o risco de perder suas bolsas por conta de um erro sistêmico da instituição, aponta o grupo,

Segundo o calendário do MEC (Ministério da Educação), o prazo para o envio de documentos comprobatórios sobre os candidatos venceu ontem (14). Sem a aprovação desses documentos não é possível fazer a matrícula na faculdade. O problema é que o site fornecido pela universidade para que os estudantes façam esse envio está apresentando falhas.

“Estou desde o dia cinco tentando enviar minha documentação e o sistema não aceita, cai toda hora. Minha irmã que também foi aprovada no Prouni em outra instituição já está estudando, estou com medo de perder minha vaga”, relatou a estudante Camila Eduarda Gomes, de 20 anos.

Camila foi aprovada no curso de Odontologia e diz que o processo de ocupar a vaga tem sido difícil e estressante. “Eu sinto como se minha dedicação não valesse nada, estou vendo algo que eu conquistei sendo perdido pela desorganização do sistema deles”, finalizou.

Aprovada no curso de Psicologia com 100% de bolsa, Isabelly Christine Marques, 18 anos, já foi três vezes pessoalmente até a Unidade Ceará, mas não obteve respostas sobre o problema. “Ontem, eu fiquei das 8h às 20h lá dentro esperando, e eles só ficam falando que não podem atender a gente e que não é possível receber nossa documentação de outro jeito”, lamentou.

Outro problema apontado pelo grupo, que já soma 20 alunos, são os dias de aula perdidos, já que o semestre se iniciou há três semanas. E sem matrícula, eles são impossibilitados de acompanhar.

Moradora de Sidrolândia, a 71 quilômetros de Campo Grande, a estudante Juliana de Souza Batista, de 31 anos, aprovada no curso de Direito, disse que viria para para Capital pela quarta vez para tentar concluir o envio dos documentos. “Eu consegui anexar os documentos no site, mas depois de quatro dias o sistema me pediu para enviar os documentos novamente e eu não consigo acessar”, relatou.

Segundo o superintendente do Procon/MS, Marcelo Salomão, os alunos que se sentirem lesados pela instabilidade do site da instituição, podem procurar o Procon para denunciar a situação. “Nesses casos, nós podemos interferir para ajudar o consumidor a entrar em um acordo com a instituição de ensino”, explicou.

Ao Campo Grande News, a Uniderp informou que “a maioria dos candidatos submeteu os documentos para análise no último dia do prazo estipulado. Por se tratar de um processo que envolve o envio de 22 documentos por candidato, a plataforma apresentou instabilidade devido ao grande volume”, disse em nota.

Além disso, a instituição destacou que nos 12 dias que antecederam o prazo final, foram enviados seis comunicados por meio de mensagem no celular e e-mail aos candidatos, “destacando a importância de enviarem os documentos o quanto antes, evitando assim qualquer possível transtorno. ”, finaliza a nota.

– CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here