Bolsonaro avisa que vetará projeto que libera jogos de azar

0

Projeto aprovado na Câmara regulamenta o funcionamento de cassinos, bingos e do jogo do bicho

Depois que a Câmara dos Deputados aprovou o projeto de lei que legaliza os jogos de azar no Brasil, o presidente Jair Bolsonaro (PL) reafirmou que, caso o texto passe pelo Senado, vetará a proposta.

O projeto aprovado pelos deputados nesta semana revoga dispositivos que criminalizam os jogos de azar e regulamenta o funcionamento de cassinos, bingos e do jogo do bicho.

“Bem, o que eu já decidi aqui, a Câmara toda sabe, os presidentes da Câmara e do Senado também sabem: uma vez aprovada, a gente vai exercer nosso direito de veto”, afirmou, durante a live desta quinta-feira, 24.

O presidente lembrou que, mesmo assim, os parlamentares podem derrubar o veto, mas disse entender ser difícil que haja votos suficientes para isso.

Bolsonaro afirmou ainda que tentou atuar para que a proposta fosse rejeitada, mas não obteve sucesso. Segundo ele, há “limite” para atuar no Congresso Nacional.

“A Câmara e o Senado, todo mundo sabe, têm autonomia. Alguns querem que eu reprove ou aprove certas coisas lá. Eu tenho o meu limite. Fiz o que pude junto a alguns parlamentares mais chegados na gente para ver se derrotava o projeto lá. Infelizmente, foi aprovado”, disse.

Ainda não há previsão de data para que a proposta seja votada no Senado. O projeto está em debate entre os parlamentares desde 1991 e demorou 31 anos para ter a aprovação na Câmara.

Um dos principais apoiadores do projeto foi o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL). Deputados ligados a correntes evangélicas e católicas se colocaram contra a proposta.

(Notícia extraída do site Revista Oeste)

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here