Dourados: Governador autoriza início da construção da sede do DOF neste sábado

0

Em evento restrito por causa da pandemia de coronavírus, marcado para às 7h30 deste sábado (12), o governador do estado de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja vai autorizar o início da construção da sede própria do DOF, o Departamento de Operações de Fronteira. O prédio será erguido em um terreno de 17.400 m² na Marginal Guaicurus, conhecida como prolongamento da Rua Coronel Ponciano, em Dourados.

“O DOF vai ter sua sede própria, nada mais justo. Com a ausência das forças federais na fronteira, é a única polícia presente em muitas estradas na Linha Internacional, e há muito tempo vem realizando, junto com as outras forças de segurança, as maiores apreensões de drogas do País e recentemente fez a apreensão recorde de 33,3 toneladas maconha”, afirmou o governador Reinaldo Azambuja.

A construção da nova sede materializa um sonho de mais de 30 anos. Com R$ 5,1 milhões de recursos do Estado, o moderno complexo policial vai abrigar as estruturas administrativas e operacionais do DOF e da Defron (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira).

O prédio terá 1.434 m² de área construída. Conforme o projeto, a sede contará com auditório, alojamentos, salas de aula, cozinha, refeitório e ambientes administrativos. A unidade policial ainda terá salas de logística, inteligência, investigação e cartórios, entre outras.

A obra será executada pela empresa Taurus Empreendimentos, que venceu o processo licitatório feito pela Agesul (Agência Estadual de Empreendimentos). Após a assinatura da ordem de início do serviço, a construtora terá dois anos para concluir o prédio (agosto de 2022). O prazo está previsto em contrato.

Polícia especializada e de excelência

Maior apreensão de drogas do País foi em Maracaju

Criado em 1987, o DOF atua em 53 municípios de Mato Grosso do Sul. O principal trabalho é desempenhado nos mais de 1.500 quilômetros de fronteira do território brasileiro com o Paraguai e a Bolívia. Mas a polícia estadual especializada também monitora parte da divisa de MS com os estados de São Paulo e Paraná.

Qualificado para a repressão dos crimes de fronteira, o DOF ainda opera em uma extensa área rural. O trabalho desempenhado com maestria pelos policiais resultou, no mês passado, na maior apreensão de drogas da história do Brasil. Foram 33,3 toneladas de maconha retiradas de circulação em Maracaju no último dia 26 de agosto.

A ação repercutiu em todo o País e ganhou atenção do ministro da Justiça, André Mendonça, que parabenizou DOF pelo bom desempenho, refletido nos demais estados do Brasil. Com a apreensão recorde, o prejuízo para o crime organizado foi de R$ 50 milhões.

Serviço

O ato de assinatura do documento que autoriza o início da construção da sede própria do DOF será realizado neste sábado (12), às 7h30, no local onde atualmente funciona o Departamento – que fica na Rua Coronel Ponciano, 400. Além do governador Reinaldo Azambuja, participam da solenidade o secretário estadual de Justiça e Segurança Pública, Antônio Carlos Videira, e o diretor do DOF, coronel Wagner Ferreira da Silva.

Texto: Bruno Chaves, Subcom
Foto: Sejusp

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here