Dr. Thalles Tomazelli afirma que citação de jornal é fake news e mutreta da oposição

0

Roney Minella – Repórter Panorama do MS (Itaquiraí – MS)

O presidente do diretório municipal do Democratas de Itaquiraí, pré-candidato a prefeito advogado Thalles Henrique Tomazelli, procurou na manhã de hoje (16-03) a reportagem do site Panorama do MS para responder, desmentir e repudiar o comentário de que o mesmo teria vendido uma área pública da Prefeitura e que tal negociata teria dado errado.
Bastante sereno, Dr. Thales aponta a total falta de lisura na citação. “Para início de conversa, este comentário circulou em rede social neste fim de semana, como se tivesse sido recortado de um jornal. Porém, está patente que é um jornal fictício, que não existe, não tem procedência, pois, não aparece quem é o autor do texto, quem assina, ou quem edita. Não tem data de publicação, não tem jornalista responsável, então, trata-se de uma publicação ilegal. Mas, o cerne da questão não é esse, porque, não vendemos área alguma do Município”, afirma o presidente do DEM.
Ao ser indagado se saberia dizer o motivo da publicação leviana, Thales apenas considerou que são pessoas despreparadas que não sabem fazer a boa política e, infelizmente, utilizam-se dos piores subterfúgios para promover a politicagem visando atingir as pessoas de bem e suas famílias.
“Para mim trata-se de picuinhas, é a tal intriga da oposição. Pessoas que não conseguem se sobressair no meio político, não tem apoio popular e buscam ao estilo da velha e famigerada política, atingir os políticos em ascensão. Mas, nada disso nos abala, não nos intimida. Aliás, nos encoraja a continuar a caminhada que estamos empreendendo junto à população e com o grupo, visando à sucessão do prefeito Ricardo Fávaro”.
Ao rechaçar a citação, a qual já está sendo chamada por todos como Fake News, Dr. Thales esclareceu que a quadra citada foi pertencente ao saudoso ex-prefeito Sebastião Santos Tomazelli, desde 1993. Posteriormente, a mesma foi repassada aos herdeiros e, por último, negociada por ele.
Ao apresentar documentações comprovando suas informações ele relata que já foi proprietário dos lotes em questão. “Mas, estes terrenos foram negociados e tem seus proprietários. As escrituras públicas, o desmembramento e toda a documentação que comprova que a área nunca foi da Prefeitura estão disponíveis para quem quiser ver”, declara ao afirmar que quem está de “mutreta”, como a citada no Fake News, são os autores anônimos da publicação e distribuição do material falso. “As medidas cabíveis no sentido de garantir a verdade dos fatos e a punição dos responsáveis nós estamos encaminhando dentro da forma legal”, finaliza o pré-candidato a prefeito.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here