Itaquiraí: Meio Ambiente realiza a coleta de lixo eletrônico através do Conisul

0

-Consórcio fez parceria com o Ecotecno para o recolhimento e destinação final adequada dos materiais eletrônicos-

         Roney Minella – Departamento Municipal de Comunicação  (Itaquiraí – MS)

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente da Prefeitura de Itaquiraí concluiu a retirada de todo o lixo eletrônico que estava acumulado no município. A ação foi realizada através do CONISUL (Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento da Região Sul de Mato Grosso do Sul), nos dias 29 e 30 de agosto. Além de eletrônicos foram recolhidas lâmpadas fluorescentes – informa o secretário de Meio Ambiente, Luiz Carlos de Souza.

A coleta aconteceu de forma integrada cumprindo uma logística programada. No dia 29 a equipe esteve no município de Eldorado, onde ocorreu o ponto de coleta dos municípios de Mundo Novo, Japorã, Itaquiraí, Iguatemi e Eldorado. Em Amambai foi outro ponto de coleta, atendendo os municípios de Caarapó, Sete Quedas, Aral Moreira e Tacuru. No dia 30, o município de Naviraí foi ponto o de coleta de Juti e Naviraí. “Somente de Itaquiraí foram coletadas quase 3 toneladas destes materiais inservíveis”, aponta o secretário de Meio Ambiente.

No total, o termo de cooperação técnica do Conisul com a empresa ECOTECNO (Comércio varejista especializado de equipamentos e suprimentos de informática), garantiu a retirada de aproximadamente de 32 toneladas de lixo eletrônico dos municípios consorciados. “Esta parceira promoveu o recolhimento para destinação final adequada destes materiais. Colaboramos com a cadeia produtiva que desenvolve, produz e comercializa equipamentos e serviços, destinados ao setor industrial, usando soluções tecnológicas sustentáveis e inovadoras, visando à plena satisfação dos participantes. Enfim, contribuímos para o crescimento do setor industrial, respeitando o indivíduo, a sociedade e o meio ambiente”.

A diretoria do Conisul destaca que a união com a empresa ECOTECNO e municípios consorciados, resultou nesta ação de extrema importância em prol de seus cidadãos e do meio ambiente. “Conseguimos dar destinação adequada ao lixo eletrônico, tendo em vista os malefícios causados ao meio ambiente e a saúde como um todo pelo inadequado descarte desses materiais. Desta forma, cooperamos com a redução dos impactos ambientais negativos provocados por lixo eletrônico em todo o cone sul”, comentou o presidente do Conisul, prefeito de Japorã Vanderlei Bispo.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here