Fla tenta repetir sequência sem sofrer gols para avançar na Copa do Brasil e na Liberta

0

                (Vitor Machado – O Dia) Rio – Amanhã, contra o Grêmio, o Flamengo precisa vencer para se classificar à semifinal da Copa do Brasil. No primeiro jogo, a equipe sofreu o gol na primeira meia hora, porém, de forma aguerrida e determinada arrumou a casa, buscou o empate e, passados os 45 minutos do 2º tempo regular marcou o gol de empate para delírio da nação rubro-negra. Por isso, amanhã (15), qualquer empate levará a disputa aos pênaltis.          Já no próximo dia 29, a missão é mais complicada e difícil: ganhar do Cruzeiro por 2 a 0, no Mineirão, para decidir a vaga nas quartas de final da Libertadores da marca da cal, ou por outro placar, pela mesma diferença na Libertadores, marcar fora de casa é critério de desempate.

ANÁLISE

A rearrumação no Flamengo começa pela cozinha. Ao não levar gol do Cruzeiro, o time deu sinais de que a casa começa a voltar à ordem. Se mantiver a organização, o Rubro-Negro pode limpar as manchas deixadas pelas atuações do período pós-Copa do Mundo. A festa, caso o cheirinho não se dissipe, será na sala de estar. A comida está no fogo e tem duas fases de preparo: uma no Caldeirão do Maracanã, na quarta-feira, às 21h45, contra o Grêmio, e dia 29, na panela de pressão do Mineirão, diante do Cruzeiro.

A fim de não se queimar e nem deixar azedar o caldo, o Rubro-Negro encontra, no desempenho da equipe em 2018, a receita. Por 25 vezes, em 44 jogos, a defesa do Flamengo saiu de campo sem ser vazada sofreu 28 gols no total, com média de 0,63 por duelo.

Em três momentos no ano, a casinha se manteve trancada por um longo período: duas sequências de seis partidas e uma de cinco, mesmo número de compromissos que faltam à equipe comandada por Mauricio Barbieri no mês de agosto.

Antes de domingo passado, as redes rubro-negras foram balançadas nos cinco jogos anteriores. Na outra vez em que isso aconteceu na temporada, logo em seguida, o time emplacou uma das sequências de seis partidas com o setor defensivo intransponível.

INGRESSOS: 40 MIL JÁ FORAM VENDIDOS

                Até ontem (13), já tinham sido vendidos 40 mil ingressos para o jogo do Flamengo, amanhã, contra o Grêmio, no Maracanã. Os setores Norte e Maracanã Mais estão esgotados. Sinal de que a credibilidade do time diante da torcida não ruiu. Nem mesmo a derrota para o Cruzeiro pela Libertadores, por 2 a 0, em casa, afugentou a torcida do Flamengo. Diante do mesmo adversário, pelo Brasileiro, mais de 50 mil pessoas pagaram para ver a partida.

“(A torcida) Compareceu em peso depois do resultado ruim. Mostra o quanto nos apoia e está do nosso lado. Vi que é a melhor média de público do Flamengo nos pontos corridos, demonstra sinergia entre time e torcida”, afirmou o técnico Mauricio Barbieri, depois do jogo de domingo.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here