Ação conjunta entre forças de segurança pública de Mato Grosso do Sul terminou em confronto e morte de quatro envolvidos no assalto a um carro-forte. O violento crime ocorreu na manhã de segunda-feira (2/12), na MS-156, entre Amambai e Caarapó. O confronto entre bandidos e policiais ocorreu na madrugada desta quarta-feira (4/12), em uma propriedade rural na região de fronteira, entre Aral Moreira e Coronel Sapucaia.

De acordo com o site MS em Foco e notícia do Dourados Neww, policiais civis e militares do Bope, Pelotão de Choque, Garras, DOF e Defron estão atuando no caso.

Reportagem do Campo Grande News destaca que policiais que estavam à caça dos bandidos desde segunda localizaram o esconderijo na noite de ontem. Equipes estavam de tocaia e, nesta manhã, com mandados emitidos pelo juízo de Amambai em mãos, entraram na propriedade.

“Fomos recebidos a bala”, disse um dos envolvidos na operação. Segundo o secretário de Estado de Segurança, Carlos Videira alguns bandidos fugiram para uma área de mata e com apoio do helicóptero do GPA (Grupamento de Patrulhamento Aéreo), policiais fazem buscas pelo local.

Dentre os mortos, está José Francisco Lumes, o Zé de Lessa, procurado na Bahia (Foto: Reprodução)

Segundo o delegado Fabio Peró, da Garras (Delegacia de Repressão a Roubos a Bancos, Assaltos e Sequestros), dentre os mortos, está José Francisco Lumes, o Zé de Lessa, um dos assaltantes de bancos mais procurados do Nordeste. Ele era líder Bonde do Maluco, conhecido como BDM, considerada pela Secretaria da Segurança Pública da Bahia, a facção mais truculenta do estado. (Com informações do Dourados News e CG News)

 

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here