Paulão Franjotti é eleito prefeito de Japorã; o amigo de toda hora, Gabriel Klasmann, é o vice

0

-“Homem do povo” conquistou 93 por cento dos votos e está na graça da população-

O presidente da Câmara de Vereadores, Paulo César Franjotti (PL), candidato único na eleição suplementar em Japorã foi eleito prefeito neste domingo (01-12). Ele substitui o petebista Vanderley Bispo, cassado pela Justiça Eleitoral. Japorã, município localizado no extremo sul de Mato Grosso do Sul, está próximo de Mundo Novo, na fronteira com o Paraguai.

Precisando apenas do próprio voto para ser eleito e cumprir o mandato tampão até o fim de 2020, ano da próxima eleição regular, Paulão teve como vice o companheiro de toda hora Gabriel Klasmann. Com esta composição Paulão foi eleito com nada menos que 93,23% dos votos válidos, uma votação expressiva e que mostra o prestígio de Paulão junto a comunidade. Aliás, o resultado da eleição comprova que Paulão é o “homem do povo”.

Dos 5.439 eleitores aptos a votar, 3.515 compareceram nas urnas na área urbana, no Distrito e Jacareí e na aldeia Porto Lido, sendo que Paulão obteve 3.277 votos, sendo 73 nulos e 165 em branco. Na aldeia Paulão obteve nada menos que 97% dos votos válidos.

Segundo o prefeito eleito “o resultado nos dá uma imensa responsabilidade e é uma prova da confiança que a população deposita no nosso projeto. Nós apesar e sermos candidatos únicos, tratamos a eleição com seriedade, visitamos a maioria das casas na cidade, fizemos reuniões nos assentamentos, no distrito e várias reuniões na aldeia, ode pedimos o voto e fizermos compromisso olhando nos olhos dos eleitores, e o resultado veio, graças a Deus”, disse Paulão.

A eleição suplementar foi convocada após afastamento do prefeito Vanderley Bispo (PTB), do vice-prefeito Gilvan Antônio Perin (PSDB) e da vereadora Daiana Vilharva (PRP), por captação ilícita de voto nas eleições de 2016.

Segundo informado pelo cartório eleitoral de Japorã, não houve nenhum registro de problema durante a votação. Foram instaladas nove urnas eletrônicas na cidade, cinco no distrito de Jacareí e sete na Aldeia Porto Lindo – conhecida como Yvy Katu. Nenhum dos equipamentos precisou ser substituído.

Duas chapas haviam feito pedido de registro de candidatura. A primeira, encabeçada por Paulo César Franjotti (PL), então vereador e ex-presidente da Câmara, tendo como vice Gabriel José Klasmann, foi a única aceita pela Justiça Eleitoral.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here