-Aparelhos são oriundos da implantação de TI através do programa E-visita da Secretaria Estadual de Saúde-

              Roney Minella – Departamento Municipal de Comunicação  (Itaquiraí – MS)
O secretário municipal de Saúde de Itaquiraí, Marcelo Batista Rosa, entregou na manhã de hoje (01.08), nove aparelhos de smartphones para os agentes que atuam no combate a endemias no município.

Ontem (31-07), o coordenador do Controle de Endemias, Marcos Aurélio Domingos, retirou os equipamentos em Dourados, no Núcleo Regional de Saúde, recebendo os aparelho do analista de sistemas da Secretaria de Estado de Saúde, Alessandro Fernandes.

Marcelo Rosa explica que os celulares inteligentes serão ativados com um aplicativo que abrirá uma plataforma para registrar os trabalhos de campo. “Esse sistema substituirá, em definitivo, as anotações das visitas domiciliares que atualmente são feitas manualmente em papel, para registros nos programas específicos, alimentando via on-line os sistemas municipal, estadual e federal”, pontua o secretário de saúde.

O coordenador municipal do Controle de Vetores, Marcos Aurélio Domingos, comemora o recebimento dos smartphones e afirma que este é mais um incentivo que todos os agentes de combates a endemias conquistam dos governos Estadual e Municipal. “É uma ferramenta que garantirá evolução de nosso trabalho. É a tecnologia que agilizará todas as visitas domicilares, registrando, por exemplo, o horário e o local da ação”, explicou.

Marcos Aurélio (à esquerda) ao receber os aparelhos de smartphones do Analista de Sistemas da SES, Alessandro Fernandes. Fioto: Roney Minella

CONTEMPLADOS

Os agentes contemplados com os smartphones foram, Vanildo Celestrino da Silva, Alessando de Souza Oliveira, Elias Ferreira da Silva, Márcio Adriano Pereira Marcelino, Paulo Sérgio da Silva, Pedro Costa Neves Filho, o supervisor de área André Rodrigo Corrêa Cardoso,o laboratorista Anilton Cézar Frezze, e o coordenador Marcos Aurélio.

O PROGRAMA

O e-Visita foi criado em Mato Grosso do Sul e começou a ser implantado em 2016. A tecnologia já desperta interesse de outros Estados, como é o caso de Pernambuco, que vem implantando o sistema em seus municípios. Em MS, mais de dois mil profissionais estão envolvidos, entre agentes de campo, supervisores e coordenadores.

“Com essa tecnologia, em vez de fazer anotações no papel, o profissional, registra no aplicativo todas as condições encontradas podendo, se necessário, tirar fotos e enviá-las via on-line para o Município ou Estado. Desta forma, os gestores podem tomar decisões e providências de forma mais rápida e eficiente”, afirma Marcos Espíndola, coordenador da CETEC.

Para possibilitar o uso adequado do sistema, a SES fez o treinamento dos agentes em seus próprios municípios ou em sedes regionais e entrega a cada um deles um aparelho smartphone com o aplicativo devidamente instalado. No total, já foram entregues mais de mil celulares. A utilização da tecnologia depende da adesão dos municípios, uma vez que o cadastro das residências é feito com base em dados fornecidos pelas prefeituras.

“A concepção do e-Visita enquanto aplicativo para celulares e plataforma Web para gestão, propõe total mudança da abordagem do modelo anterior de registro das visitas domiciliares realizada pelo Agente de Controle de Endemias”, explica Marcos Espíndola.

Em Mato Grosso do Sul ACE’s de 77 municípios já foram treinados porém alguns municípios ainda não estão utilizando a tecnologia por ainda não terem concluído o cadastro dos imóveis no sistema. As 19 cidades que ainda não receberam os smartphones deverão ser contemplados até o final deste ano.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here